Candidato, irmão de Chávez denuncia erro em cédula do pai, atual governador

Caracas, 23 nov (EFE).- Adán Chávez, irmão mais velho do presidente da Venezuela e candidato a governador do estado de Barinas, Hugo Chávez, disse que o pai deles e atual governador, Hugo dos Reis Chávez, anulou hoje o voto a seu pedido, porque na cédula impressa pela máquina de votação aparecia um candidato que não era seu filho.

EFE |

Adán Chávez a concorrer suceder seu pai, há oito anos no governo do estado de Barinas, cidade-natal de toda a família.

"Estamos todos muito contentes (...), salvo pequenos inconvenientes técnicos que já se estão resolvendo", declarou Adán Chávez aos jornalistas após dizer que uns "muito poucos eleitores nossos" denunciam que na cédula impressa pelas máquinas de votação e que deve depositar depois em uma urna, "saem outros nomes" de candidatos.

Entre esses denunciantes, segundo ele, figurou seu próprio pai e atual governador, "mas me informou que depois poderá voltar a votar", disse, e insistiu que se trata apenas de "pequenos inconvenientes".

Durante a campanha eleitoral, o presidente incluiu Barinas em uma maratona de apoio aos candidatos do Governo, diante da perspectiva de uma possível derrota.

O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) dos Chávez espera ainda tomar os sete governos atualmente em poder da oposição, que venceu as eleições de 2004 em dois estados -Zulia e Nova Esparta - e contou com outros cinco governadores que se desvincularam do chavismo, após serem eleitos como candidatos governamentais. EFE ar/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG