Candidato governista uruguaio viaja ao Brasil para se reunir com Lula

Montevidéu, 4 ago (EFE).- O senador José Mujica, candidato presidencial da governante Frente Ampla, do Uruguai, viajou hoje ao Brasil para se reunir com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como parte de sua campanha para as eleições de outubro.

EFE |

O ex-dirigente tupamaro, que consolidou sua candidatura oficial à frente da coalizão esquerdista nas eleições internas de 28 de junho, partiu ao Brasil acompanhado do ex-ministro da Economia Danilo Astori, aspirante à Vice-Presidência do país na mesma chapa eleitoral.

A reunião com Lula será na quinta-feira, um dia depois do previsto, disseram hoje à imprensa fontes próximas.

Amanhã, Mujica se encontrará com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e Astori terá um encontro com o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Também faz parte da delegação da Frente Ampla o atual senador e ex-ministro do Trabalho Eduardo Bonomi e a esposa de Mujica, a senadora Lucía Topolansky, que serão recebidos pelos dirigentes dos partidos de esquerda brasileiros.

A delegação uruguaia também se reunirá com representantes das Comissões de Relações Exteriores e Defesa do Congresso brasileiro, entre outros encontros.

Em declarações feitas antes de sua partida, Mujica disse que discutirá com as autoridades brasileiras a situação das relações bilaterais, sem esquecer os problemas comerciais entre os dois países.

Mujica disse várias vezes à imprensa que seu modelo de presidente na região latino-americana é Lula, por causa de suas políticas econômicas e sociais.

Segundo o jornal uruguaio "Ultimas Noticias", Mujica buscará nesta viagem compromissos e acordos no âmbito de investimentos, diante de sua possível vitória nas urnas em 25 de outubro.

A mais recente pesquisa sobre intenções de voto, divulgada hoje na imprensa, indica que haverá segundo turno no Uruguai.

O candidato presidencial do Partido Nacional é o ex-presidente Luis Alberto Lacalle e o aspirante à Vice-Presidência, Jorge Larrañaga.

Pelo Partido Colorado, o ex-ministro do Turismo Pedro Bordaberry e o ex-jogador Hugo de León formam a chapa eleitoral. EFE jas/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG