Candidato a deputado é assassinado em Honduras

Tegucigalpa, 26 set (EFE).- Um candidato a deputado nas eleições hondurenhas de novembro foi assassinado hoje a tiros em Tegucigalpa, informou a Polícia, que descartou em princípio alguma relação do fato com a crise vivida pelo país.

EFE |

A vítima, Marco Antonio Canales Villatoro, de 40 anos, morreu em um hospital particular da capital hondurenha. Ele foi alvejado por dois homens em uma motocicleta ao sair de uma igreja, disse à imprensa local o porta-voz da Polícia Nacional, Orlin Cerrato.

O porta-voz disse que, segundo as investigações preliminares, o assassinato não tem "em princípio" relação com a crise política vivida pelo país desde a derrubada em 28 de junho do presidente Manuel Zelaya, que retornou ao país na segunda-feira.

O presidente do Partido Inovação e Unidade-Social Democrata (PINU-SD), pelo qual Villatoro era candidato, Jorge Aguilar, lamentou "este fato condenável" e pediu que as autoridades o investiguem.

Pelo menos duas pessoas morreram nesta semana em fatos posteriores ao retorno de Zelaya ao país, na segunda-feira, uma em Tegucigalpa e a outra em San Pedro Sula (norte).

Desde que voltou a Honduras, o presidente deposto está abrigado na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa. EFE lam/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG