Candidata presidencial panamenha quer se inspirar em Lula

Brasília, 25 nov (EFE).- A candidata presidencial panamenha Balbina Herrera visitou hoje o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e disse que vai se inspirar no líder brasileiro para propor uma ampla aliança entre o setor privado e os movimentos sociais.

EFE |

"Foi uma reunião muito importante, sobretudo como dirigente e candidata que vem dos movimentos sociais", declarou Herrera à Agência Efe após o encontro com Lula.

A reunião no Palácio do Planalto durou pouco mais de uma hora e o presidente foi acompanhado por seu assessor especial para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia.

"Precisava falar com um dirigente sindical que chegou à Presidência" e saber "como conseguiu estabelecer uma aliança com o setor privado e ganhar confiança para trabalhar pelo país", disse a candidata, que frisou que esse é o "desafio" enfrentado agora pelo Panamá.

Herrera explicou que concordou com Lula que a chave para uma aliança dessa natureza está em compreender que "se os mais pobres vão bem, os empresários também vão melhor", por isso é necessário iniciar profundos planos de transferência de renda, sem cair na tentação de medidas assistencialistas.

Segundo ela, "a transferência de renda não pode ser um assunto de populismo ou um problema eleitoral", mas ser fruto de políticas sociais "bem definidas" que abranjam também os setores de educação e saúde.

A candidata do governante Partido Revolucionário Democrático (PRD) nas eleições de maio de 2009 defendeu que só com políticas de transferência "responsáveis" será possível "romper o círculo da pobreza" e incluir os setores mais pobres da sociedade. EFE ed/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG