Segundo Mirlande Manigat, em vários locais as urnas já estavam "cheias" antes do início das votações

A candidata à Presidência do Haiti Mirlande Manigat, favorita nas pesquisas de intenções do voto para as eleições que neste domingo ocorrem no país, denunciou um suposta "grande fraude" no pleito.

Ela detalhou que em vários locais as urnas já estavam "cheias" antes do início das votações e que os mesários dormiram no interior dos colégios eleitorais, o que não está previsto na lei eleitoral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.