Candidata derrotada na Ucrânia pede impugnação de resultados na Justiça

A candidata derrotada à presidência da Ucrânia, Yulia Timoshenko, apresentou pessoalmente nesta terça-feira um recurso perante a justiça para impugnar os resultados das eleições do dia 7 de fevereiro, vencidas pelo opositor Viktor Ianukovich.

AFP |

Timoshenko foi ao Supremo Tribunal Administrativo, instância responsável pelos recursos eleitorais, acompanhada de vários assessores e partidários.

A primeira-ministra se nega a reconhecer sua derrota no segundo turno do pleito presidencial e acusa Ianukovich e seu partido de terem cometido fraude.

Segundo os resultados definitivos, revelados no último domingo pela Comissão Eleitoral Central, o opositor pró-russo Yanukovich venceu as eleições ucranianas com 48,95% dos votos. Timoshenko, por sua vez, obteve 45,47% dos votos.

No entanto, 4,36% dos eleitores se pronunciou "contra todos os candidatos", uma opção prevista pelo código eleitoral ucraniano.

Leia mais sobre Ucrânia

    Leia tudo sobre: ucrânia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG