Cancelados vôos no Uruguai devido às cinzas do vulcão Chaitén

Várias empresas aéreas cancelaram seus vôos em Montevidéu devido às cinzas do vulcão chileno Chaitén, informou a direção do Aeroporto Internacional de Carrasco de Montevidéu.

AFP |

"Neste momento cinco vôos estão cancelados", disse um porta-voz do terminal aéreo, entre eles um da companhia aérea americana American Airlines com destino a Miami, escala em Buenos Aires, e da empresa uruguaia Pluna, também em direção à capital argentina "devido à baixa visibilidade nas vias de navegação".

O Departamento Nacional de Meteorologia ainda não tem dados completos sobre a situação.

"Estamos na expectativa. Nós não contamos com recursos para fazer medições, por isso aguardamos um aviso da Argentina", disse uma porta-voz.

O Chaitén é um maciço da Cordilheira dos Andes, limite natural entre a Argentina e o Chile, que entrou em erupção na semana passada e que se mantinha m atividade, ameaçando piorar o estado de emergência na região.

As autoridades chilenas fecharam nesta sexta-feira o acesso ao povoado de Chaitén, ao sul, onde ficaram apenas animais após a retirada de mais de quatro mil pessoas.

As cinzas do vulcão, que chegaram até Buenos Aires, afetam também as províncias argentinas de Chubut, Rio Negro e Neuqúen (sul), Mendoza (oeste), La Pampa e San Luis (centro).

yow/cl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG