Canal equatoriano Teleamazonas volta ao ar após suspensão

QUITO (Reuters) - O canal de televisão privado do Equador Teleamazonas, cujo sinal foi suspenso por três dias, voltou na sexta-feira ao ar depois de cumprir uma sanção imposta por uma entidade estatal de controle, que provocou fortes questionamentos no país. O canal, crítico do presidente Rafael Correa, recebeu a sanção na terça-feira da Superintendência de Telecomunicações, que o acusou de ter difundido uma notícia meses atrás sem sustentação e que pode ter provocado comoção na população.

Reuters |

Após retomar o sinal, o canal transmitiu normalmente sua programação com uma mensagem a seus espectadores sobre o trabalho que realiza para a comunidade.

"Vamos manter nossa linha de jornalismo responsável, independente, pluralista. Isso é algo que queremos", disse à Reuters o vice-presidente da Teleamazonas, Carlos Jijón.

A suspensão do canal gerou duas críticas no país e polarizou os equatorianos em torno de uma regulação estatal para os meios de comunicação privados.

Grupos de equatorianos saíram às ruas, alguns para defender o canal e outros para pedir uma sanção mais forte, em meio a pedidos para respeitar a liberdade de expressão no país.

(Por Santiago Silva)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG