Canal de TV britânico é multado por morte de rato em reality show

O canal de televisão britânico ITV recebeu uma multa equivalente a R$ 4.900 após participantes de um de seus programas terem sido filmados matando e comendo um rato.

BBC Brasil |

A multa, por crueldade, foi pedida pela Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA) australiana, uma entidade que faz campanha contra maus tratos a animais.

Segundo um inspetor da entidade, David Oshannessy, o animal foi morto para um programa de TV e isso não é aceitável.

Um porta-voz da ITV disse que o canal pediu desculpas pelo erro que levou ao incidente.

O programa I'm a Celebrity, Get Me Out of Here tem formato semelhante ao do programa brasileiro No Limite, porém os participantes são celebridades.

Antes das filmagens, feitas na Austrália, no ano passado, a produção do programa fez consultas para se certificar de que os participantes não ficariam doentes se comessem o rato.

Mas não houve averiguações sobre os aspectos legais da questão.

A lei australiana diz que um animal pode ser morto para consumo por humanos desde que não haja sofrimento desnecessário.

A RSPCA alega que a forma como os participantes mataram o rato prolongou sua morte.

Arroz e Feijão
O porta-voz da ITV disse que o canal reconhece que a produção deveria ter investigado melhor o assunto e acrescentou que os procedimentos foram revistos para que o incidente não se repita.

Durante o programa, o chef italiano Gino D'Acampo matou o animal. Depois, ele e o ator Stuart Manning comeram o rato.

Os dois ficaram isolados na mata, com acesso somente a rações diárias de arroz com feijão.

Gino D'Acampo foi vencedor no programa.

O canal também terá de pagar cerca de R$ 4.210 em custos do processo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG