Canadenses acompanham canonização de Padre André

Padre André é o 1º santo canadense do sexo masculino. Milhares de fieis aplaudiram proclamação feita pelo Papa Bento 16

AFP |

Mais de mil católicos do Quebec passaram a noite de sábado para domingo no Oratório São José de Montreal, para acompanhar diretamente a canonização de seu fundador, Padre André, transmitida do Vaticano em uma grande tela posicionada atrás do altar.

A cripta que abriga o túmulo do primeiro santo canadense do sexo masculino, com capacidade para mil pessoas, estava completamente cheia e centenas de fiéis permaneceram nos corredores, alguns em pé, outros sentados.

Quando o Papa Bento 16 pronunciou o nome do Padre André na frase crucial marcando sua ascensão ao nível dos santos, todos presentes se levantaram com um só movimento para aplaudir com emoção.

A imensa igreja, construída graças aos simpatizantes do Padre André, estava iluminada do lado de fora, destacando-se da montanha que dá nome à cidade, Montreal. Bem antes do início da transmissão de Roma, por volta das 4 horas da manhã, o estacionamento do templo estava lotado como o de um centro comercial em dia de liquidação, apresentando um fenômeno completamente inédito, segundo os moradores da região.

A multidão de fiéis surpreendia por sua diversidade. Jovens, velhos, brancos e negros, religiosos e ateus, quebequenses e imigrantes lado a lado.

"A cidade de Quebec era muito católica no início do século XX. Agora, é bem menos, mas a canonização é uma verdadeira mensagem para nós, uma mensagem de esperança", disse à AFP Martin Gahaud, 20 anos, vindo de Longueuil, cidade vizinha de Montreal.

    Leia tudo sobre: Bento 16padre andrésantos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG