Canadense preso sob escombros no Haiti pede ajuda por SMS

TORONTO - Um canadense preso sob os escombros de um prédio derrubado pelo terremoto de terça-feira no Haiti pediu ajuda por mensagem de celular para ser resgatado, confirmaram nesta quarta-feira as autoridades do Canadá.

EFE |

O ministro de Assuntos Exteriores do Canadá, Lawrence Cannon, disse que foi recebida uma mensagem de texto de um canadense preso nos escombros e as autoridades sabem "onde ele está exatamente".

Pelo menos um cidadão canadense morreu em virtude do terremoto e outros dois estão desaparecidos.

Segundo a chancelaria, o primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, falou nesta quarta-feira com o presidente americano, Barack Obama, para coordenar a ajuda que os dois países enviarão ao Haiti.

O poderoso terremoto ocorreu às 19h53 (horário de Brasília) de terça-feira e teve epicentro a 15 quilômetros de Porto Príncipe, a capital do Haiti.

O Exército brasileiro confirmou que pelo menos 11 militares do país que participam da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) morreram em consequência do terremoto. A brasileira Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, ligada à Igreja Católica, também morreu no terremoto.

    Leia tudo sobre: haititerremototragédia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG