Canadense e alemã batem recorde ao ver 57 filmes em mais de 123 horas

Nova York, 8 out (EFE) - O canadense de origem cingalesa Suresh Joachim e a alemã Claudia Wavra ganharam uma menção no Livro Guinness dos Recordes ao assistir a 57 filmes em 123 horas e 10 minutos sem dormir, em uma casa de plexiglás instalada em Times Square, anunciou hoje o patrocinador do evento. Joachim, de 39 anos, e Wavra, de 31 anos, iniciaram este maratona de cinema em 2 de outubro com o filme Homem de Ferro e terminaram com o clássico contemporâneo Thelma & Louise, afirmou em nota à imprensa o serviço de aluguel de vídeos pela internet e correio Netflix. Entre os filmes que viram em cinco dias estavam Meu Querido Presidente, A Identidade Bourne, Carruagens de Fogo, Kill Bill: Vol. 2, O Paciente Inglês e Clube dos Pilantras.

EFE |

A atriz Susan Sarandon foi a Times Square para estimular os ganhadores nas últimas horas da maratona, assim como fizeram vários nova-iorquinos e turistas que passavam pelo local.

Joachim e Wavra conseguiram bater, assim, o recorde anterior de ver filmes de forma ininterrupta, estabelecido em 120 horas e 23 minutos e mantido até agora por Ashish Sharma, da Índia, que, nesta ocasião, não conseguiu agüentar tanto tempo.

Dos oito participantes que iniciaram a competição, após 72 horas só restavam dois, Joachim e Wavra, amantes do cinema e de quebrar recordes do Guinness.

"Esta é a quarta vez em que bato este recorde, mas fazer isso em Nova York é especialmente importante para mim, porque sempre desejei fazer algo grande aqui", disse no comunicado a alemã, que ressaltou que foi "uma experiência inesquecível".

Por sua vez, Joachim, que bateu 33 recordes Guinness em diferentes modalidades, disse que gostou muito da experiência, "vendo tantos filmes americanos maravilhosos nos últimos cinco dias".

Entre os recordes Guinness batidos por Joachim em outras ocasiões estão o de ver televisão direto (69 horas e 48 minutos), dançar (100 horas) e passar roupa (55 horas e 5 minutos), precisou a Netflix.

Segundo os termos do concurso, os participantes tinham que ver cada filme até que terminassem completamente os créditos sem tirar os olhos da tela, mas, entre cada longa, podiam descansar por dez minutos.

Uma equipe de médicos e juízes controlou durante a competição os participantes, que comeram pipocas, conversaram e fizeram exercícios para conseguir se manter acordados cinco dias vendo filmes. EFE bj/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG