Canadá volta a liberar bagagens de mão em voos aos EUA

Toronto (Canadá), 20 jan (EFE).- O Canadá permitirá a partir de hoje que os passageiros de voos com destino aos Estados Unidos possam levar bagagens de mão, o que tinha sido proibido após a tentativa de atentado no Natal passado em um avião da Northwest Airlines.

EFE |

O ministro de Transporte do Canadá, John Baird, anunciou na última terça-feira a mudança e disse que o objetivo das autoridades canadenses é facilitar as viagens.

"O Governo do Canadá está totalmente comprometido em assegurar que o transporte aéreo é seguro, mas também em assegurar que os passageiros tenham um nível de comodidade e conveniência razoável durante as viagens", afirmou Bair em comunicado.

Em 25 de dezembro, o nigeriano Umar Farouk Abdulmutallab tentou detonar um explosivo em um voo da Northwest Airlines entre Amsterdã e Detroit.

Após a tentativa de atentado, o Canadá anunciou que todos os passageiros com destino aos EUA teriam que passar por uma segunda revista pessoal e que a bagagem de mão estaria proibida.

As novas medidas mantêm a obrigação de que os passageiros se mantenham sentados uma hora antes de o avião aterrissar.

O Canadá também começou a instalar 44 scanners corporais nos principais aeroportos do país. EFE jcr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG