CALGARY, Canadá (Reuters) - Uma mulher da província canadense de Alberta morreu por conta da gripe H1N1, informou uma autoridade médica da província na sexta-feira, tornando a mulher a primeira morte canadense como consequência da doença. O chefe do gabinete médico da província disse que a mulher tinha na casa de 30 anos e não viajou para o México, centro da epidemia da nova gripe.

(Reportagem de Scott Haggett)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.