O número de pessoas infectadas pela gripe suína A (H1N1) no Canadá já passa de 500, com 24 novos casos confirmados na província de Québec (leste), informaram neste sábado as autoridades sanitárias do país.

Segundo as autoridades canadenses, todos os novos casos são "benignos", como a grande maioria dos 520 já registrados no país até agora.

Terceiro país mais afetado pela gripe suína, atrás apenas dos Estados Unidos e do México, o Canadá registrou apenas uma morte associada ao vírus, de uma mulher da província de Alberta (oeste), que sofria de outros problemas de saúde.

sab/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.