Toronto (Canadá), 25 set (EFE).- O Governo canadense disse hoje que segue comprometido com encontrar uma solução pacífica à situação de Honduras após manter conversas com o presidente Manuel Zelaya e o líder de facto, Roberto Micheletti.

O secretário de Estado de Assuntos Exteriores para o continente americano, Peter Kent, disse hoje que nas últimas horas manteve conversas com Zelaya e Micheletti quando pediu que mostrem "boa vontade e flexibilidade para chegar a uma solução pacífica e negociada".

"Sublinhei a necessidade que todas as partes se abstenham de qualquer incitação à violência e provocação e a respeitar a inviolabilidade da embaixada brasileira em Tegucigalpa onde se encontra o presidente Zelaya", afirmou Kent em comunicado.

Kent está em Nova York onde participou das sessões da Assembléia Geral da ONU assim como a reunião especial conjunta entre a Organização dos Estados Americanos (OEA) e a União Européia (UE).

Na cidade americana, Kent se reuniu com o secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, e vários chanceleres da América Latina, entre eles os da Costa Rica, Brasil, El Salvador e Panamá para tratar a situação de Honduras.

Durante suas conversas com Zelaya e Micheletti, Kent disse que o Canadá está comprometido a "apoiar o Acordo de San José como a base para conseguir um acordo que permitirá a realização das eleições de 29 de novembro em uma maneira livre e justa".EFE jcr/fk

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.