Canadá identifica novo vírus de gripe

Por Rod Nickel SASKATOON, Canadá (Reuters) - Autoridades canadenses informaram que foi identificado um novo vírus de gripe, desta vez uma mistura de variedades humanas e suínas, em dois trabalhadores de uma fazenda no oeste do país.

Reuters |

O novo vírus não deixou os dois doentes em estado grave e não está relacionado com a atual pandemia da influenza H1N1, informou a Agência de Saúde Pública do Canadá na terça-feira.

Os dois contaminados, ambos empregados de um celeiro destinado à engorda de porcos na província de Saskatchewan, se recuperaram completamente. Um terceiro caso está sendo avaliado.

"Resultados preliminares indicam que é baixo o risco à saúde pública e que os canadenses vacinados contra as gripes sazonais devem ter alguma imunidade para esta nova cepa de gripe", disse a ministra da Saúde do Canadá, Leona Aglukkaq, em um comunicado.

O novo vírus contém genes de uma cepa sazonal humana da gripe H1N1 e de um vírus de gripe comum na população suína, chamado vírus recombinado triplo H3N2, disse o médico Greg Douglas, chefe do escritório de veterinária de Saskatchewan.

O novo vírus não está relacionado com a variedade H1N1, conhecida popularmente como gripe suína, que já matou 429 pessoas em todo o mundo. O H1N1, classificado como uma pandemia pela Organização Mundial de Saúde, é também uma mistura de vírus suínos com alguns genes de influenzas humanas e aviárias.

Desde que o novo H1N1 irrompeu, autoridades do Canadá, Estados Unidos e alguns outros países iniciaram testes de vírus da gripe tanto em humanos como em porcos. Pessoas e porcos podem intercambiar vírus de gripes, embora raramente isso tenha sido comprovado.

"Testes iniciais em alguns dos porcos da fazenda indicam que eles foram infectados com o vírus suíno influenza A, uma variedade comum encontrada em rebanhos desses animais", informou a agência de saúde canadense em um comunicado.

A fazenda de Saskatchewan não está de quarentena, mas o proprietário concordou em não remover os porcos dali, disse uma autoridade de saúde do Canadá.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG