Camponeses invadem canal de TV do governador de La Paz

LA PAZ - Grupos camponeses invadiram e destruíram equipamentos do Canal 24, na cidade de El Alto, de propriedade do governador de La Paz, José Luis Paredes.

Ansa |

Os equipamentos da emissora foram destruídos e queimados, informou a rede PAT. No momento da ocupação, o sinal do Canal 24 desapareceu das transmissões a cabo.

A invasão ocorreu uma hora depois de dirigentes camponeses terem aprovado nessa cidade, vizinha a La Paz, uma resolução anunciando a tomada desses "meios de comunicação da oligarquia" e a ocupação de terras e empresas em Santa Cruz.

Horas antes, o dirigente Froilán Mamani, da Confederação Nacional de Camponeses, havia pedido a destituição e julgamento dos governadores de Santa Cruz, Tarija, Beni, Pando, Cochabamba e La Paz e a expulsão do país de todos os dirigentes cívicos que apóiam a demanda autonomista.

Os governadores de La Paz e Cochabamba apóiam a demanda autonomista, ainda que em seus departamentos tenha vencido o 'não' na consulta realizada em 2006.

Paredes se declarou publicamente admirador do presidente Evo Morales, no último diálogo político dos governadores com o chefe de Governo, mas o criticou abertamente por sua oposição à demanda autonomista.

Os confrontos entre partidários pró e contra o governo ocorrem no país devido ao referendo sobre o estatuto autonômico que é realizado neste domingo em Santa Cruz, região mais rica da Bolívia.

    Leia tudo sobre: referendo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG