Camponeses do Paraguai anunciam protestos contra latifúndios

Assunção, 20 mar (EFE).- A Federação Nacional Camponesa (FNC) do Paraguai, uma das maiores do setor, anunciou hoje que na segunda e na terça-feira realizarão protestos durante sua passeata anual em Assunção contra os latifúndios e para exigir uma reforma agrária integral.

EFE |

A manifestação, organizada há 16 anos, foi convocada em mais de uma dezena de departamentos (províncias) para que os camponeses se concentrem na segunda-feira na capital e façam na terça-feira uma passeata até as praças públicas localizadas em frente à sede do Congresso, detalharam hoje dirigentes da FNC.

Os representantes da entidade, que reuniu cerca de dez mil agricultores em Assunção em março de 2008, explicaram que divulgarão suas reivindicações de rejeição ao latifúndio e que pedirão "uma reforma agrária integral, maior acesso à terra, saúde e educação".

Os integrantes da FNC acamparão nesta segunda no antigo Seminário Metropolitano e, no dia seguinte, andarão até o Congresso, a quatro quilômetros de distância, para o ato de encerramento, no qual serão apresentadas as reivindicações aos poderes do Estado. EFE rg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG