Facebook pede libertação de Suu Kyi - Mundo - iG" /

Campanha no Facebook pede libertação de Suu Kyi

Bangcoc, 19 jun (EFE).- Líderes mundiais e famosos participam de uma campanha na rede social Facebook e em outros sites para pedir a libertação da líder opositora birmanesa e Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, que completa hoje 64 anos.

EFE |

O ator Brad Pitt, o cineasta Steven Spielberg, o religioso sul-africano Desmond Tutu e o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, entre outros, deixaram mensagens a favor de Suu Kyi, que passou 14 dos últimos 20 anos sem liberdade de movimento.

Suu Kyi vai almoçar com os guardas da prisão de Insein para comemorar seu aniversário, segundo seu advogado, Nyan Win.

"Aung San Suu Kyi vai comemorar seu aniversário convidando as pessoas que a cercam para comer arroz e um bolo de chocolate", disse Nyan Win, que acrescentou que a Nobel da Paz "aprecia muito o apoio que recebe e que sente muito por não poder agradecê-lo pessoalmente".

O "Facebook" registrou mais de 93 acessos com mensagens como "ícone", "heroína", e de "feliz aniversário" em diferentes idiomas, e muitos substituíram sua fotografia no perfil pela da birmanesa.

Além disso, a campanha "64 palavras para Suu Kyi" no site "www.64forsuu.org" atraiu celebridades como Robert de Niro e o magnata Richard Branson.

"Durante muito tempo, o mundo falou em responder a esta injustiça intolerável, e todos devem fazer algo para que seja o último aniversário que comemora privada de liberdade", afirmou Gordon Brown em um vídeo no "YouTube".

Suu Kyi é julgada desde o mês passado por supostamente ter violado os termos da prisão domiciliar que cumpria desde 2003, um crime punido com até cinco anos de prisão.

Ela foi acusada de descumprir os termos de sua detenção quando permitiu que o americano John William Yettaw dormisse em sua casa.

O julgamento da Nobel da Paz de 1991 começou poucos dias antes do fim de sua mais recente prisão domiciliar, punição que cumpriu durante mais de 13 dos últimos 19 anos. EFE grc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG