Campanha de Obama nega ter redigido discurso de posse

A equipe de campanha do candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, negou no sábado ter elaborado um rascunho do discurso de posse, respondendo às acusações de seu rival republicano, John McCain, a menos de 10 dias das eleições.

AFP |

A negativa foi publicada depois que o jornal New York Times indicou que a equipe de Obama já preparava o texto do discurso inaugural, informação que foi imediatamente aproveitada por McCain.

"O discurso inaugural do senador Obama já está escrito", disse McCain. "Não estou inventando. Muitos eleitores ainda não decidiram seu voto, mas ele já decidiu por eles".

"Não apenas a acusação é totalmente falsa e não há rascunho de discurso inaugural para o senador Obama, mas também a última coisa de que precisamos é um candidato como John McCain, que simplesmente planeja reler o de George Bush", alfinetou o porta-voz democrata Bill Burton.

Mais cedo, McCain havia criticado Obama pelo excesso de confiança, acusando-o de já preparar seu discurso para a cerimônia de posse do cargo, durante um ato de campanha republicano no Novo México (sudoeste).

As eleições americanas acontecem no dia 4 de novembro, mas o presidente eleito só tomará posse no dia 20 de janeiro de 2009, após o pronunciamento de um discurso de posse no Congresso.

O NYT escreveu que o assessor de Obama John Podesta já havia escrito o discurso inaugural do candidato, mas a idéia de que Obama, um autor publicado que escreve a maioria de seus discursos, leia o texto escrito meses antes por um assessor em sua eventual cerimônia de posse, fez com que a informação fosse questionada.

col/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG