Campanha de Obama investirá US$ 20 milhões para atrair voto de latinos

Washington, 29 jul (EFE).- O escritório de campanha do provável candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou hoje que investirá US$ 20 milhões para atrair o voto dos latinos.

EFE |

Segundo informações, mais da metade do dinheiro será usada nos estados da Flórida, do Novo México, de Nevada e do Colorado.

Os fundos vão ser destinados à mobilização e ao registro de novos eleitores, à contratação de um quadro de pessoal dedicado exclusivamente aos latinos e a campanhas de publicidade em meios de comunicação tradicionais e na internet.

O investimento, de acordo com o escritório de campanha do senador, é "sem precedentes" e ressalta a importância do voto hispânico.

"Nunca antes tínhamos visto este nível (de compromisso) no que se refere a recursos e pessoal", disse em entrevista coletiva Frank Sánchez, presidente do Conselho Nacional de Liderança Hispânica da campanha de Obama.

Os latinos são um dos grupos mais cortejados na atual campanha, não por sua superioridade numérica - os hispânicos representam cerca de 15% da população e 9% do eleitorado -, mas por sua concentração em estados considerados fundamentais na disputa, como Flórida, Novo México, Nevada e Colorado.

Temo Figueroa, diretor nacional da campanha de Obama para os latinos, acredita que os hispânicos podem ser decisivos no pleito de novembro.

"Se ele ganhar na Flórida, será presidente", disse Figueroa em referência a Obama.

O assessor de Obama afirmou hoje a um grupo de jornalistas que as pesquisas refletem uma disputa muito acirrada na Flórida entre Obama e seu oponente republicano, o também senador John McCain, razão pela qual disse que os latinos podem fazer a balança pender para um ou outro lado. EFE tb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG