Caminhoneiros reúnem 70 mil para apoiar Kirchner

A Confederação Geral do Trabalho (CGT, peronista) reuniu nesta terça-feira 70 mil pessoas em um estádio de Buenos Aires para apoiar a presidente argentina, Cristina Kirchner.

AFP |

A manifestação, por ocasião do "Dia do Caminhoneiro", foi convocada pelo líder sindical Hugo Moyano.

"Milhões de trabalhadores irão apoiá-la permanentemente", disse Moyano, principal orador do evento, afirmando que o governo "vai encontrar o caminho definitivo da justiça social, com o apoio de todos os trabalhadores argentinos, sem qualquer dúvida".

"Todos sabem, e talvez esta presidente saiba melhor que ninguém, que muitas vezes há interesses minoritários, poderosos que tentam frustrar os processos democráticos de transformação social e crescimento econômico, impedir a existência de sindicatos que defendam os direitos dos trabalhadores".

A ato pelo "Dia do Caminhoneiro" foi assistido por membros do Gabinete de Kirchner, governadores, legisladores, prefeitos e dirigentes do PJ.

jos/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG