Caminhão explode perto de mina no Chile

Quatro pessoas morreram, após a explosão

EFE |

Quatro pessoas morreram nesta terça-feira na explosão de um caminhão que transportava explosivos perto de uma mina na região de Antofagasta, no norte do Chile, segundo fontes oficiais.

O acidente por volta das 16h30 locais (17h30 de Brasília) na estrada que leva à mina, situada três quilômetros ao norte da localidade de Baquedano e 1.430 quilômetros ao norte de Santiago. "Está confirmado que são quatro pessoas mortas e que não há feridos", assinalou a diretora do Escritório Nacional de Emergência (Onemi) de Antofagasta, Irina Salgado.

Posteriormente, a Onemi reiterou em sua página na Internet que até o momento foram identificados quatro corpos, embora tenha afirmado que a comitiva tinha seis trabalhadores, segundo informação fornecida pela empresa Soquimich.

Aparentemente, a potência da explosão espalhou os restos mortais de alguns dos falecidos por vários metros, o que, aliado à falta de luz, dificulta buscas e identificações. Fontes das forças de segurança confirmaram à agência Efe que a explosão aconteceu enquanto os trabalhadores levavam a carga que era transportada por um caminhão até duas caminhonetes da empresa que estavam estacionadas à beira da estrada.

Em um primeiro momento, as autoridades tinham afirmado que o acidente aconteceu pelo choque de um caminhão com uma caminhonete. No entanto, o prefeito da localidade de Sierra Gorda, José Guerrero, disse mais tarde a "Rádio Cooperativa" que "não houve choque, os três veículos estavam estacionados no acostamento direito" da via.

Ambulâncias e membros dos Bombeiros e da Polícia se deslocaram para o local da explosão, além de representantes da Procuradoria e do Serviço Médico Legal, que investigam as causas do acidente.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG