Um camicaze matou 21 policiais e combatentes anti-Al-Qaeda ferindo outros 32 reunidos durante um jantar na noite de domingo em Abu Ghraïb, 30 km a oeste de Bagdá, anunciaram fontes da segurança.

O suicida se fez explodir em meio aos convidados durante uma festa organizada por um chefe local dos Sahwa, um milícia que reúne antigos rebeldes e que agora apontam suas armas para a Al-Qaeda, precisaram as fontes.

ak/sk/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.