Cameron e Clegg preparam novo gabinete britânico

Novo premiê britânico recebe Nick Clegg para iniciar composição de novo gabinete

iG São Paulo |

O novo primeiro-ministro do Reino Unido, o conservador David Cameron, e o "número dois" do novo governo do país, o liberal-democrata Nick Clegg, compareceram juntos perante a imprensa nesta quarta-feira após seu histórico acordo de coalizão.

Reuters
David Cameron (esq.) e Nick Clegg (dir.) acenam para fotógrafos antes de darem início à composição do novo governo

Cameron e Clegg se cumprimentaram junto à porta do número 10 da rua Downing Street, escritório e residência oficial do chefe do governo, em Londres, depois que seus partidos selaram na terça-feira o primeiro pacto de coalizão do Reino Unido em 70 anos.

Clegg, que chegou a Downing Street pouco depois das 9h30 pelo horário local (5h30 em Brasília), foi recebido por Cameron antes que ambos entrassem na residência para começar a preparar a composição da nova administração de coalizão.

Por enquanto, os postos confirmados são os do ministro da Economia, George Osborne, e o titular de Assuntos Exteriores, William Hague (ex-líder conservador). Ainda não se sabe quantos postos serão reservados a deputados liberais-democratas, mas a rede de televisão "BBC" indica que podem ser 20.

Um dos postos importantes pode ser o de Vince Cable, até agora porta-voz do Tesouro do Partido Liberal-Democrata, que passaria a ser o responsável por contatos com empresas e bancos.

David Cameron assume

David Cameron, de 43 anos, assumiu na noite de terça-feira a chefia do governo após a renúncia do trabalhista Gordon Brown e depois que a rainha Elizabeth II lhe convidou a formar a nova administração.

Reuters
Líder do Partido Conservador, David Cameron, cumprimenta Rainha Elizabeth 2.ª durante encontro em que foi convidado para formar novo governo britânico

Seguindo o protocolo britânico, Cameron aceitou o convite da Rainha Elizabeth 2.ª para formar o novo governo, representando a volta dos conservadores ao poder após 13 anos de hegemonia do Partido Trabalhista.

A nomeação de Cameron, de 43 anos, ocorre cinco dias depois das eleições gerais garantirem a seu partido o maior número de cadeiras no Parlamento de 650 membros (306), mas não as 326 necessárias para a maioria absoluta. Ele será o premiê britânico mais jovem em quase 200 anos.

Em pronunciamento após seu encontro com a Rainha, o novo premiê britânico anunciou que governará em coalizão com o Partido Liberal Democrata, de Nick Clegg, que conquistou 57 cadeiras nas eleições de quinta-feira. Somados, os dois partidos terão 363 cadeiras no Parlamento.

Ao chegar ao número 10 da Downing Street, residência oficial dos primeiros-ministros, Cameron falou dos grandes "desafios" que a Grã-Bretanha enfrenta - o déficit e os problemas sociais - e destacou a necessidade de restabelecer a confiança no sistema político britânico.

Para conseguir isso, frisou, ele e Clegg estão dispostos a "superar as diferenças partidárias e trabalhar duro pelo bem comum e pelo interesse nacional". Ao chegar à sua nova casa, Cameron também elogiou o antecessor por sua "história de serviço público".

    Leia tudo sobre: Grã-BretanhaeleiçõesDavid CameronNick Clegg

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG