Câmera em urso de pelúcia flagra furto na Grã-Bretanha

Uma estudante britânica de técnicas forenses para a investigação de crimes usou um ursinho de pelúcia para flagrar uma mulher, que cuidava de sua avó doente, roubando dinheiro. Emma Sampson, de 21 anos, recém-diplomada pela Universidade de Central Lancashire, instalou uma pequena câmera em um dos olhos do urso que estava na casa de Thelma Sampson, de 75 anos, na cidade de Liverpool, no norte da Inglaterra.

BBC Brasil |

A avó, que sofre de câncer terminal, havia se queixado do sumiço de dinheiro de sua carteira.

Emma contou com a ajuda do pai, Robert Sampson, filho de Thelma, que acompanhou a elaboração da armadilha para pegar o ladrão.

"Emma anotou os números de série de três notas de 20 libras esterlinas (o equivalente a cerca de R$ 60) que estavam na carteira de minha mãe e nós compramos uma câmera de 55 libras (o equivalente a R$ 167) de uma loja local", afirmou.

Segundo o pai, a filha aproveitou a semelhança entre a câmera e o olho do ursinho de pelúcia para camuflar o equipamento.

"Nós achamos que seria um processo longo mas ela era gananciosa", disse Robert Sampson sobre a ladra.

"Nós chamamos a polícia, mostramos o vídeo e passamos a eles os números de série."
Na semana passada, Yvonne Allen, que era encarregada de cuidar da avó de Emma, foi condenada a seis meses de prisão, após admitir o crime.

Robert Sampson disse que sua mãe, Thelma, que sofre de câncer terminal, recebeu bem a sentença. "Ela viu justiça antes de morrer."
Thelma Sampson tem agora uma nova ajudante.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG