Câmara dos EUA aprova fundos para conflitos no Iraque e no Afeganistão

Washington, 19 jun (EFE).- A Câmara de Representantes dos Estados Unidos deu hoje sua aprovação final aos fundos pedidos pela Casa Branca para as operações militares no Iraque e no Afeganistão, informaram fontes legislativas.

EFE |

Os fundos chegam a US$ 165,4 bilhões, sendo a maior parte destinada ao Iraque, indicaram as fontes.

Ao aprovar o pedido, os legisladores abandonaram toda tentativa de impor prazos para que o presidente George W. Bush ordene a retirada das tropas de combate do Iraque, manifestaram.

"Esperamos que esta seja a última vez que se gaste um dólar sem restrições", disse a democrata Nancy Pelosi, presidente da Câmara de Representantes e crítica da ocupação do Iraque.

O pedido foi aprovado com 268 votos a favor e 155 contra, e espera-se que seja debatido pelo Senado nos próximos dias, indicaram as fontes.

Segundo a Comissão de Dotações Orçamentárias da Câmara, os fundos cobrirão os custos de ambas as operações militares até meados do próximo ano. O presidente Bush conclui seu segundo e último mandato de quatro anos na Casa Branca em janeiro.

Com estes fundos, que podem ser reduzidos para US$ 161,8 bilhões em uma votação posterior, os Estados Unidos terão gasto mais de US$ 800 bilhões nos conflitos no Iraque e Afeganistão desde 2001, assinalaram as fontes legislativas.

Há um mês, a Câmara de Representantes tinha aprovado outra versão do mesmo projeto, que incluía uma cláusula que ordenava o começo imediato da retirada das tropas do Iraque.

Os Estados Unidos mantêm no Iraque um contingente de cerca de 150 mil soldados.

No entanto, os legisladores democratas decidiram retirar a cláusula perante a ferrenha oposição republicana e a ameaça de um veto do presidente Bush. EFE ojl/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG