Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Câmara dos EUA aprova ajuda a montadoras

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou na noite desta quarta-feira um pacote de US$ 15 bilhões de ajuda às três maiores montadoras de automóveis do país, General Motors, Ford e Chrysler. A aprovação, por 270 votos a favor e 170 contra, aconteceu depois de extensas negociações entre a Casa Branca e líderes democratas do Congresso.

BBC Brasil |

O pacote, que recebe forte oposição de alguns republicanos, ainda precisa receber a aprovação do Senado, onde os democratas têm uma maioria de apenas um senador. Para ser aprovado, o projeto precisa receber pelo menos 60 dos 100 votos da casa.

Executivos da General Motors e da Chrysler afirmam que, sem uma ajuda imediata por parte do governo, elas correm risco de entrar em colapso.

Já a Ford afirmou poder precisar do auxílio no futuro.

O presidente George W. Bush concordou com a ajuda desde que severas condições sejam impostas às montadoras, incluindo uma dura vigilância sob as empresas para garantir que o auxílio por parte do governo seja acompanhado de planos de recuperação financeira.

Pela proposta, o governo deve receber ações sem direito a voto das três empresas.

O governo americano deve apontar também o que está sendo chamado nos EUA de "czar automotivo", uma autoridade cuja função específica será fiscalizar a utilização do dinheiro e que teria o poder de exigir que as montadoras peçam falência, caso estes quesitos não sejam cumpridos.

Na semana passada, as montadoras apresentaram planos de viabilidade ao Congresso onde pediam uma ajuda de US$ 34 bilhões ao governo dos EUA.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG