A Câmara dos Representantes do Estado americano de Illinois aprovou nesta sexta-feira o impeachment do governador Rod Blagojevich. O governador do Estado é acusado de diversos crimes de corrupção e abuso de poder, inclusive de ter tentado vender a vaga do presidente eleito Barack Obama no Senado, e vem sofrendo crescentes pressões para deixar o cargo.

O pedido de impeachment do governador foi aprovado por 114 votos a favor e apenas um contra na Câmara dos Representantes de Illinois, que é controlada pelos democratas, partido de Blagojevich.

A decisão abre caminho para que o impeachment do governador seja julgado pelo Senado do Estado. Caso Blagojevich seja condenado por dois terços dos senadores, terá de deixar o governo.

Polêmica
No início de dezembro, o governador chegou a ser detido (e logo depois liberado sob pagamento de fiança) sob várias acusações de corrupção, entre elas a acusação de tentar vender o assento no Senado deixado vago por Obama (que era senador democrata pelo Estado de Illinois).

Blagojevich nega qualquer irregularidade e tem resistido às pressões para que renuncie.

Nesta semana, a primeira sessão do novo Congresso americano, com deputados e senadores eleitos em 4 de novembro, foi realizada em meio à polêmica em torno do nome escolhido para ocupar a vaga deixada por Obama.

Os democratas vetaram a indicação de Roland Burris, ex-procurador-geral de Illinois, porque ele foi escolhido por Blagojevich.

Como governador, Blagojevich tem a autoridade para escolher o substituto de Obama no Senado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.