Câmara Baixa espanhola aprova ratificação do Tratado de Lisboa

Madri, 26 jun (EFE).- A Câmara Baixa do Parlamento espanhol aprovou hoje, com maioria de 97,5%, a ratificação do Tratado de Lisboa.

EFE |

A aprovação aconteceu com 322 votos a favor, seis contra e duas abstenções, e agora deverá receber também o referendo definitivo do Senado.

Os únicos grupos que votaram contra o tratado foram o independentista catalão ERC; a coalizão de maioria comunista Esquerda Unida e o Bloco Nacionalista Galego (BNG).

O ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos, anunciou a vontade do Governo de que o Senado referende o tratado de forma definitiva, e o mais breve possível, sem esperar o prazo previsto, que se estende até outubro.

Até o momento, 19 países dos 27 que formam a União Européia ratificaram pela via parlamentar o novo Tratado.

No entanto, o processo de ratificação sofreu uma importante derrota, com a vitória do "não" no plebiscito realizado na Irlanda, em 12 de junho.

O Partido Popular (PP), o principal da oposição espanhola, também defendeu o texto, embora tenha reivindicado uma maior preocupação dos líderes políticos quanto aos problemas cotidianos.

"A Europa de hoje é melhor do que a de 20 anos atrás", disse a deputada opositora Soledad Becerril. EFE cpg/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG