Washington, 6 mai (EFE).- A Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou hoje a criação de uma comissão bipartidária independente para investigar as causas da crise econômica atual, apesar da oposição de dezenas de republicanos.

Os legisladores aprovaram o início da Comissão sobre Mercados Financeiros como parte de um projeto de lei para combater a fraude no setor hipotecário.

A comissão tinha sido proposta no ano passado pelo presidente do grupo de legisladores democratas da Câmara Baixa, John B. Larson.

Larson explicou, em comunicado, que a comissão será integrada por dez membros - seis democratas e quatro republicanos -, que serão designados pelos líderes das duas câmaras do Congresso.

A comissão terá autoridade legal para emitir citações judiciais e para realizar audiências, e terá que apresentar um relatório ao Congresso e ao presidente americano, Barack Obama, no final de 2010.

Além disso, a comissão terá que informar sobre qualquer caso de corrupção financeira às autoridades judiciais correspondentes para seu possível processo.

"O povo americano está exigindo respostas sobre o colapso de nosso sistema financeiro. Hoje, a Câmara de Representantes vota uma legislação que finalmente conseguirá essas respostas", disse Larson, durante o debate da medida.

O Senado aprovou sua própria versão do projeto de lei contra a fraude hipotecária, que também contém a criação da comissão independente.

As duas versões terão que ser harmonizadas durante um processo bicameral para se transformar em lei definitiva. EFE mp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.