Câmara aprova ajuda de R$ 500 mil para famílias de militares mortos no Haiti

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira um projeto de lei do Poder Executivo que concede auxílio especial no valor de R$ 500 mil a cada uma das famílias dos 18 militares das Forças Armadas mortos no Haiti, durante o terremoto que aconteceu em 12 de janeiro.

iG São Paulo |


Além desse auxílio, o projeto também prevê a concessão de uma bolsa especial de educação no valor de R$ 510 aos dependentes estudantes do ensino fundamental e médio até os 18 anos e, se universitário, até os 24 anos.

De acordo com o projeto, que terá ainda que ser aprovado pelo Senado, a bolsa de estudos será corrigida anualmente pelo mesmo índice de correção dos benefícios da previdência social. O Ministério da Defesa estabelecerá as normas para disciplinar a bolsa de estudo aos dependentes dos militares mortos no terremoto do Haiti.

O terremoto que atingiu o Haiti deixou 22 brasileiros mortos: a médica sanitarista Zilda Arns, o diplomata Luiz Carlos da Costa, o policial militar Cleiton Batista Neiva, uma menina não identificada e 18 militares que participavam da missão de paz da ONU, liderada pelo Brasil.

Com Agência Brasil

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: haititerremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG