Califórnia pode ser 1º Estado americano a proibir gorduras trans

O Estado da Califórnia pode se tornar o primeiro nos Estados Unidos a proibir que lanchonetes e restaurantes utilizem, na preparação de alimentos, gorduras trans, que podem contribuir para doenças cardíacas. Uma proposta com esse objetivo foi encaminhada para o governador Arnold Schwarzenegger, depois de aprovada por uma pequena margem de votos pelo legislativo estadual na última segunda-feira.

BBC Brasil |

A proposta prevê que, a partir de 2010, restaurantes, hospitais e instalações com áreas de preparação de alimentos abandonem óleos, margarinas e outros produtos que contenham gorduras trans.

Panificadoras terão um ano a mais para decidir como fabricar produtos sem a hidrogenização de óleos vegetais. As multas para quem violar a proibição vão de US$ 25 a US$ 1 mil.

As gorduras trans tornam os alimentos mais crocantes e aumentam seu prazo de validade, mas são consideradas um fator de risco para a obesidade e as doenças cardiovasculares.

No último dia 1º de julho, uma lei que proíbe quase completamente a utilização de gorduras trans entrou em vigor na cidade de Nova York.

No ano passado, Schwarzenegger sancionou uma lei que proíbe o uso de gorduras trans nas cantinas de escolas públicas, mas ainda não se manifestou sobre a nova proposta votada na segunda-feira.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG