Calderón viaja a local de incêndio em creche no México

MÉXICO - O presidente do México, Felipe Calderón, viajou neste sábado a Hermosillo, capital do estado de Sonora, para expressar pessoalmente sua solidariedade e apoio às vítimas do incêndio que deixou até agora 35 mortos e 41 feridos, informaram fontes oficiais neste sábado.

EFE |

Fontes da presidência confirmaram que o líder estará brevemente em Hermosillo para percorrer os hospitais e saber o estado de saúde dos menores, assim como para dar instruções aos organismos federais encarregados de atender os pacientes e parentes das vítimas da tragédia.

Na sexta-feira, um incêndio, aparentemente gerado em um depósito de pneus, estendeu-se a uma creche, que não tinha medidas de segurança suficientes, entre elas portas de saída de emergência, causando a morte de pelo menos 35 crianças de entre 3 meses e 4 anos.

Além disso, o líder mexicano verá os primeiros relatórios das autoridades sobre as possíveis causas do incêndio, que poderiam derivar em responsabilidades penais das pessoas ligadas à operação desta creche.

Segundo versões da imprensa local, Calderón viaja para verificar em primeira mão as investigações e os dados sobre esta tragédia, e para trabalhar com as autoridades locais no apoio às pessoas afetadas.


Leia mais sobre México

    Leia tudo sobre: mexicoméxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG