Calderón pede que mexicanos fiquem em casa para evitar contágio

México - O presidente do México, Felipe Calderón, pediu aos mexicanos que fiquem em suas casas de sexta-feira a terça-feira para evitar o contágio da gripe suína, aproveitando os dias de feriado escolar decretados hoje por seu Governo.

EFE |

"Quero pedir a todos, sem exceção, que nestes dias de feriado escolar, nesta ponte que entre 1º e 5 de maio, que fiquem casa com suas famílias", disse Calderón em mensagem à nação, divulgada pela TV local.

"Não há lugar mais seguro para evitar o contágio da gripe suína que em sua própria casa", acrescentou.

O governante repetiu os conselhos das autoridades sanitárias para que a população se proteja do vírus, lavando as mãos constantemente, não cumprimentando outras pessoas com apertos de mãos ou beijos, e comparecendo ao médico caso sinta febre ou dor de cabeça repentinos.

Calderón aproveitou a mensagem para expressar suas "profundas condolências" aos familiares dos mortos pela doença.

Até agora o México registrou oito mortes confirmadas pela gripe suína.

Horas antes desta mensagem, o secretário da Saúde, José Ángel Córdova, anunciou a suspensão dos trabalhos na administração pública entre a próxima sexta-feira e a terça-feira, como medida para frear a epidemia da gripe suína, e pediu que as autoridades dos 32 estados e dos mais de 2.500 municípios mexicanos façam o mesmo.

Leia também:

Entenda a gripe suína:

Gripe suína no Brasil

Gripe suína e a economia

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG