Calderón e Obama analisam cooperação contra gripe

México, 9 ago (EFE).- Os presidentes do México, Felipe Calderón, e dos Estados Unidos, Barack Obama, analisaram hoje em reunião bilateral em Guadalajara, onde se celebra a Cúpula de Líderes da América do Norte, formas de cooperação contra a gripe A, entre outros temas da agenda bilateral.

EFE |

Os governantes estudaram medidas para a região enfrentar o próximo outono e inverno, levando em conta que o México e EUA foram dois dos três países mais afetados pela epidemia junto com a Argentina.

Segundo fontes da Presidência mexicana, em seu encontro Calderón e Obama se referiram também à crise econômica, à situação dos imigrantes mexicanos nos EUA e ao desenvolvimento da fronteira comum. A reunião bilateral é a terceira entre os dois líderes este ano.

Ao abordar a grave situação econômica mundial, se centraram em temas de competitividade, comércio e políticas públicas que afetam as duas nações.

Destacaram os avanços observados na construção de duas novas pontes fronteiriças em Anzaldúas e San Luis Rio Colorado, o início de uma mais em Rio Bravo Donna, e o começo das obras do primeiro cruzamento ferroviário em mais de 100 anos, situado em Matamoros.

Além disso, o presidente do México reconheceu "a vontade política" mostrada por Obama "para motivar o Congresso de seu país a conseguir" uma reforma migratória que beneficie os imigrantes mexicanos nos EUA.

Também foi informado também que ambos os Governos analisam a criação de um programa de compensação pela redução de emissões de carbono. EFE rac/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG