Calderón e Lula querem fortalecer unidade latino-americana

LAquila (Itália), 8 jul (EFE).- O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e seu colega mexicano, Felipe Calderón, se comprometeram hoje a trabalhar conjuntamente para fortalecer a unidade latino-americana.

EFE |

Os dois líderes realizaram uma reunião bilateral no primeiro dia da cúpula do Grupo dos Oito (G8, formado pelos sete países mais industrializados do mundo, mais a Rússia), que começou hoje na cidade italiana de L'Aquila.

Calderón e Lula destacaram a importância do G5, grupo do qual o México e o Brasil fazem parte, e asseguraram que este fórum é a plataforma para fixar as posturas latino-americanas na agenda mundial.

Os presidentes condenaram o golpe de Estado em Honduras e se comprometeram a trabalhar juntos para garantir uma região latino-americana que respeita as instituições, desenvolvimento econômico e estabilidade social.

Lula e Calderón publicaram um comunicado no qual afirmaram que a próxima viagem do presidente mexicano ao Brasil servirá para fortalecer a relação bilateral entre os dois países e para explorar instrumentos de cooperação em diversas áreas.

México e Brasil participam da cúpula em L'Aquila, onde serão realizadas reuniões entre os países do G8 e do G5. EFE fab/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG