Forbes por exaltar traficante mexicano - Mundo - iG" /

Calderón critica Forbes por exaltar traficante mexicano

MÉXICO - O presidente do México, Felipe Calderón, lamentou hoje o fato de algumas revistas exaltarem os narcotraficantes do país, um dia depois de a publicação americana Forbes ter incluído em sua lista de milionários o chefe do cartel de Sinaloa, Joaquín Guzmán, conhecido como El Chapo.

EFE |

Num fórum de negócios do qual participou, o chefe de Estado lamentou "profundamente" a escalada de uma campanha na qual "a opinião pública e agora até as revistas se dedicam tanto a mentir sobre a situação do México como a exaltar os criminosos".

"El Chapo" apareceu na posição 701 da lista de milionários da "Forbes", com uma fortuna estimada de US$ 1 bilhão, a mesma dos empresários Emilio Azcárraga Jean (Grupo Televisa) e Alfredo Harp Helú (Grupo Banamex).

Calderón destacou que as publicações que exaltam os criminosos fazem "apologia à criminalidade".

Além disso, declarou que, dos 6,5 mil assassinatos cometidos no México em 2008 atribuídos ao crime organizado, 93% estiveram "direta ou indiretamente" vinculados a alguma quadrilha ou cartel.

O comissário da Polícia Federal Preventiva (PFP) do México, Rodrigo Esparza, disse ontem que não sabe como a "Forbes" conseguiu quantificar a fortuna de "El Chapo", que está foragido da Justiça desde 2001, ano no qual fugiu de um presídio de segurança máxima com a ajuda das autoridades do centro de reclusão.

Leia mais sobre: ricos

    Leia tudo sobre: ricos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG