Cai confiança em Obama como líder em tempos de crise, diz pesquisa

Washington, 9 jul (EFE).- A confiança dos americanos na capacidade do presidente Barack Obama de resolver os problemas do país caiu 11 pontos desde fevereiro, segundo uma pesquisa da rede de TV CNN divulgada hoje.

EFE |

Há cinco meses, 64% dos ouvidos pela emissora e o instituto Opinion Research acreditavam que Obama tinha um plano claro para tirar os Estado Unidos da crise. Em junho, quando foi feita a nova pesquisa, essa proporção já era de 53%.

Também caiu, de 73% para 64%, a quantidade de americanos que acham que Obama é suficientemente forte para gerir a crise atual.

Já os que concordam com Obama em assuntos preocupantes diminuiu de 63% para 56%.

Por outro lado, 72% dos entrevistados acreditam que o presidente inspira confiança e é um líder forte. Em fevereiro, 75% da população achava o mesmo.

"A proporção dos que aprovam a gestão dele continua sendo majoritária, mas não é comparável à de quase oito em cada dez pessoas que o aprovam como pessoa", disse à "CNN" o diretor da pesquisa, Keating Holland.

Segundo Holland, as maiores fraquezas de Obama parecem ser "suas posições em temas-chave" e "seus planos para o futuro".

Na esfera pessoal, "sua característica mais sólida é a habilidade de inspirar confiança. E isso não é nada mal para um presidente em tempos de dificuldades econômicas", acrescentou Holland.

Para metade dos 1.026 americanos entrevistados, o controle majoritário do Congresso pelos democratas é bom para o país, enquanto 41% acham que é ruim. EFE llb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG