Cai avião que combatia incêndio na Grécia; piloto morre

ATENAS (Reuters) - Um avião hidrante da Grécia caiu enquanto combatia as chamas na ilha de Kefalonia, situada no mar Iônico, nesta quinta-feira, e o piloto morreu, informaram autoridades. O acidente ocorreu três dias após os bombeiros terem conseguido controlar um grande incêndio florestal que destruiu cerca de 150 casas e milhares de hectares de floresta perto de Atenas.

Reuters |

"Eu gostaria de expressar minha desolação, nossa tristeza, e minhas condolências pela perda do piloto, que morreu enquanto fazia seu dever com sacrifício voluntário", disse a jornalistas o primeiro-ministro, Costas Karamanlis.

O avião caiu nove minutos após deixar o aeroporto de Kefalonia para combater o incêndio florestal, disseram as autoridades. Não havia ninguém mais a bordo.

Enquanto o governo conservador foi criticado por sua resposta lenta ao incêndio que aconteceu entre os dias 21 e 24 de agosto, o pior na Grécia desde um que matou 65 pessoas em 2007, os bombeiros foram louvados por todos os partidos políticos por seus esforços incansáveis.

Aviões hidrantes gregos, italianos e franceses, centenas de bombeiros e soldados combateram por três dias as chamas, que forçou milhares a fugirem de suas casas e levou a um estado de emergência no leste do país.

(Reportagem de Angeliki Koutantou)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG