CAF aprova US$500 milhões para reconstruir Haiti e Chile

CARACAS (Reuters) - A Corporação Andina de Fomento (CAF) aprovou na segunda-feira linhas de crédito de 500 milhões de dólares para os trabalhos de ajuda emergencial e reconstrução no Haiti e Chile, países recentemente devastados por fortes terremotos. O organismo especificou que 200 milhões de dólares serão destinados ao Haiti, enquanto o Chile contará com 300 milhões de dólares em financiamento.

Reuters |

"Esta é uma resposta da CAF às manifestações de solidariedade e compromisso feitas pelos governos da região em relação a esse país (Haiti), cuja catástrofe natural recente trouxe consequências devastadoras", disse Enrique Garcia, presidente executivo da CAF, em comunicado.

O objetivo fundamental desses recursos é financiar projetos de infraestrutura econômica e social, serviços básicos e a produção alimentar no país mais pobre da região, onde até 300 mil pessoas morreram após um grande terremoto no início de janeiro.

O montante destinado ao Chile será voltado ao atendimento primário aos desabrigados e a retomada de serviços críticos, como reconstrução de hospitais, escolas, infraestrutura viária, abastecimento de água potável, energia e telecomunicações.

Há pouco mais de uma semana, um terremoto de magnitude 8,8 seguido por tsunamis e réplicas fortes sacudiram o Chile, maior produtor mundial de cobre, deixando um saldo de pelo menos 497 mortos identificados e um número indeterminado de desaparecidos.

(Por Enrique Andrés Pretel)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG