Cachorra de Putin ganha coleira com sistema de localização por satélite

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, recebeu nesta sexta-feira em uma reunião com membros de seu governo um presente muito especial para Koni, sua cachorrinha de estimação: uma coleira equipada com um sistema de localização por satélite, que permitirá acompanhar todos os movimentos de sua labradora preta.

AFP |

Um especialista da Glonass que participava da reunião se aproximou de Koni e colocou nela a pequena coleira, equipada com um sofisticado sistema, sob o olhar do vice-primeiro-ministro russo Serguei Ivanov e de Putin, segundo imagens divulgadas pela televisão russa.

Os participantes do encontro foram em seguida para o terraço da residência do primeiro-ministro, em Novo Ogarevo, em Moscou, para testar a coleira.

"Parece triste, é o fim de sua liberdade", comentou Ivanov, referindo-se à tecnologia que permite localizar o animal onde quer que esteja. Ao contrário, respondeu Putin olhando para Koni, "ela está abanando o rabo, quer dizer que gostou".

Durante uma apresentação do sistema Glonass, desenvolvido pelo Exército russo nos anos 80 para concorrer com o GPS americano, Putin perguntou: "Eu poderia utilizá-lo em minha cachorra?", explicou um comunicado do governo russo.

bfi/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG