Caçadores procuram urso que matou mulher na Rússia

MOSCOU (Reuters) - Caçadores russos estão procurando um urso que matou uma mulher no centro de uma cidade no extreme leste do país antes de fugir para a floresta, nesta terça-feira, informaram agências de notícias. Caçadores profissionais e autoridades de segurança começaram a caça pelo urso em Palana, uma cidade com cerca de 4 mil habitantes no norte da península de Kamchatka, informou a agência Interfax, citando fontes locais.

Reuters |

Um urso marrom macho de Kamchatka pode pesar 700 quilos e ter 3 metros de comprimento.

Muitos ataques de ursos são notificados na remota região a cada ano, e três pessoas já morreram nos últimos 12 meses, segundo a agência RIA.

Mas ataques no centro da cidade são raros. Palana é a capital da região administrativa de Koryak, que já era um território autônomo antes de começar a se fundir com Kamchatka em 2007.

(Reportagem de Conor Sweeney)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG