Bush volta a afirmar que plano será aprovado e acalmará mercados

Washington, 26 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W.

EFE |

Bush, afirmou hoje que o plano para resgatar o sistema financeiro de seu país acabará aprovado e que, quando isso acontecer, vai acalmar os mercados.

Depois de uma reunião na Casa Branca com o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, Bush contou que disse ao aliado "que o plano é suficientemente grande para fazer diferença".

"E acho que acabará sendo aprovado", declarou.

Desde o começo da semana, o Governo e o Congresso americanos tentam chegar a um acordo sobre o pacote econômico, de US$ 700 bilhões.

A Casa Branca já disse que a aprovação é urgente e necessária para o controle das turbulências no sistema financeiro.

Ontem, os legisladores chegaram a um princípio de acordo, mas o consenso foi por água abaixo durante a reunião realizada à tarde na Casa Branca, para a qual também foram convidados os candidatos Barack Obama e John McCain.

Brown afirmou que seu país apóia o plano de resgate dos EUA e que ele é "adequado" para fazer frente aos problemas no sistema financeiro.

"Continuaremos apoiando a Administração em tudo o que estiver fazendo para tentar reestabilizar os mercados financeiros", disse o primeiro-ministro do Reino Unido.

Bush e Brown também conversaram sobre comércio, a Rodada de Doha e a situação no Iraque e no Afeganistão. EFE mv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG