Bush telefona ao premiê da Índia para mostrar apoio após atentados

Washington, 27 nov (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W.

EFE |

Bush, telefonou hoje ao primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, para oferecer seu apoio após os ataques terroristas na cidade de Mumbai, que deixaram mais de 100 mortos, informou a Casa Branca.

Bush expressou a Singh suas condolências e solidariedade aos familiares das vítimas, informou a porta-voz da Casa Branca, Dana Perino, em comunicado.

O presidente americano ofereceu seu apoio e assistência ao Governo de Índia "para restaurar a ordem, dar segurança a sua população e ajudá-los na investigação destes atos desprezíveis", disse Perino.

Bush se encontra hoje na residência oficial de descanso de Camp David, a cerca de 100 quilômetros da capital, para passar junto com a família o Dia de Ação de Graças.

No entanto, Bush estará informado o tempo todo da situação em Mumbai, onde um grupo terrorista cometeu uma série de ataques organizados na quarta-feira à noite na cidade.

As equipes de resgate continuam trabalhando e o Departamento de Estado americano está tentando confirmar se houve alguma vítima americana nos atentados.

Bush condenou ontem os ataques e disse que os Estados Unidos se mantêm firme junto a esse país "neste momento de tragédia".

O Governo americano está acompanhando a situação e, segundo a Casa Branca, o Conselho de Segurança Nacional convocou uma reunião de representantes dos organismos antiterroristas e de inteligência, assim como do Departamento de Estado e do Departamento de Defesa.

EFE elv/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG