Washington, 11 dez (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, George W.

Bush, se diz "atônito" com o escândalo de corrupção em torno do governador de Illinois, Rod Blagojevich, acusado de tentar lucrar ao leiloar a cadeira do Senado deixada por Barack Obama.

A porta-voz da Casa Branca, Dana Perino, declarou hoje que Bush acredita que "se trata de uma situação muito grave".

"As acusações o deixam atônito", assegurou a porta-voz em sua coletiva de imprensa diária, antes de indicar que não falou com Bush sobre se Blagojevich deveria renunciar.

Obama e outros dirigentes democratas reivindicaram que Blagojevich, em liberdade pagando fiança após ficar detido na terça-feira, apresente sua renúncia.

Em coletiva de imprensa em Chicago, o presidente eleito afirmou hoje que nem ele nem ninguém em sua equipe estão envolvidos no escândalo. EFE mv/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.