O presidente americano George W. Bush saudou nesta segunda-feira a transferência do controle da província de Al-Anbar às forças de segurança iraquianas, destacando que a região não sofre mais com a Al-Qaeda.

"Anbar não está livre da Al-Qaeda, a Al-Qaeda que perdeu Anbar", afirma Bush em um comunicado.

"Anbar foi transformada e reconquistada pelo povo iraquiano. Por este êxito merecem crédito nossas tropas e as forças de segurança iraquianas, assim como corajosas tribos e outros civis de Anbar que trabalharam a seu lado", acrescenta Bush.

A província ocidental de Al-Anbar foi o reduto da revolta contra as tropas americanas em sua chegada ao Iraque, em abril de 2003.

"A transferência foi feita", afirmou à imprensa o conselheiro iraquiano de segurança nacional, Muaffak al-Rubaie.

"A província de Al-Anbar, que foi a região mais difícil do país, celebra hoje a transferência da segurança", acrescentou Rubaie.

O ato teve início com uma leitura do Alcorão, livro sagrado dos muçulmanos.

Al-Anbar é a 11ª das 18 províncias iraquianas - mas a primeira sunita - restituída pelas forças americanas ao controle das forças nacionais.

"Ainda acontecerão incidentes, mas isto vai fazer parte da vida normal. A polícia iraquiana tem fontes de informação melhores que nós e mais capacidade que nós para fazer este trabalho", afirmou à imprensa o oficial americano Martin Post.

kat/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.