insignificantes as recentes mudanças em Cuba - Mundo - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Bush qualifica de insignificantes as recentes mudanças em Cuba

O presidente George W. Bush menosprezou, nesta quarta-feira, as recentes medidas de liberalização em Cuba, e pediu ao governo da ilha comunista que permita uma verdadeira transição democrática.

AFP |

"O regime fez gestos de reforma insignificantes, mas Cuba continua dirigida pelo mesmo grupo que oprimiu os cubanos durante quase meio século", declarou Bush em um discurso sobre a política dos Estados Unidos para a América Latina.

"Se Cuba quiser se juntar à comunidade das nações civilizadas, os líderes cubanos precisam iniciar um processo de mudança pacífico e democrático, e a primeira medida deve ser a libertação de todos os prisioneiros políticos", afirmou, depois de informar ter conversado na véspera com dissidentes cubanos.

George W. Bush, falou ontem por telefone durante 45 minutos com dissidentes sobre a situação na ilha e sobre os presos políticos.

Segundo nota divulgada por opositores, em Havana, Bush conversou com os líderes Martha Beatriz Roque, José Luis García "Antúnez", e com Berta Soler, mulher do preso político Angel Moya e ativista das Damas de Branco, que visitaram a Seção de Interesses de Washington em Havana.

Os três deram ao presidente americano uma explicação "a título pessoal" da "situação política, econômica e social do país".

As mudanças na ilha até agora:

 

Leia mais sobre: Cuba

Leia tudo sobre: cuba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG