Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Bush perdoa 2 perus no último indulto de Ação de Graças como líder

Washington, 26 nov (EFE) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, fez hoje um de seus últimos atos de magnanimidade como líder ao perdoar a vida de dois perus, que serão salvos do forno na tradicional ceia de Ação de Graças, realizada amanhã.

EFE |

Bush deu continuidade, assim, a uma tradição que data de 1947, quando o então presidente Harry Truman recebeu o chamado "Peru Nacional de Ação de Graças".

Desta vez, o líder salvou da morte dois perus, em vez de um só, cujos nomes foram escolhidos em uma votação pela internet.

"Após uma campanha eleitoral longa e prolongada, depois que o povo deu seu parecer, o nome da chapa enviada à Casa branca foi Pumpkin (abóbora) e Pecan (noz)", disse Bush na cerimônia, que ocorreu no jardim da residência presidencial.

"Pumpkin está aqui. Pecan está em um lugar secreto", acrescentou o governante, em referência ao vice-presidente dos Estados Unidos, Dick Cheney, cuja localização a Casa Branca manteve oculta com freqüência.

Os dois perus passarão o resto dos dias no parque de atrações da Disneylândia do sul da Califórnia, onde Pumpkin será o marechal de honra do desfile do Dia de Ação de Graças, que será realizado nesta quinta-feira.

Nesse dia, o peru assado será o prato principal na mesa dos americanos, que lembram, segundo a tradição, uma refeição de agradecimento preparada pelos primeiros colonos ao chegar à nova terra.

Os dois animais indultados por Bush, de 20 semanas de idade e 20 quilos de peso, foram criados por Paul Hill, presidente do conselho diretor da Federação Nacional do Peru, em sua fazenda em Ellsworth, Iowa.

Após a cerimônia, Bush e crianças da Escola Elementar Cloverly fizeram carinho em Pumpkin, que se manteve parado ao posar para a foto.

O peru foi criado com um maior nível de contato com os seres humanos que seus congêneres para evitar que Bush saísse da Casa Branca machucado por bicadas. EFE cma/db

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG